1. Home
  2. HLP004 – EFD-Fiscal – Mapeamento Tabela Origem e Destino do Transporte – Frete

HLP004 – EFD-Fiscal – Mapeamento Tabela Origem e Destino do Transporte – Frete

Quais são as tabelas e campos para preenchimento do código do município de origem e de destino dos documentos de transporte via integração?

O Triple One dispõe de uma funcionalidade que possibilita ao usuário realizar o preenchimento do código do município de origem e de destino do serviço de transporte. No documento de marketing, na aba Imposto, é habilitado o botão Origem / Destino para os modelos 57 e 67. As informações são armazenadas na tabela [@SKL20ORIGDEST].

Os campos de usuário da tabela [@SKL20ORIGDEST] são os seguintes:

 

http://blog.skilljugaad.com.br/wp-content/uploads/FAQ/EFD_Fiscal_Origem_Destino_Frete/Fiscal_Mapeamento_origem_destino_frete-2.png

 

Veja no exemplo de preenchimento manual dos campos SAP Business One. Foi utilizada a funcionalidade do Triple One, e o dado gravado na tabela:

 

http://blog.skilljugaad.com.br/wp-content/uploads/FAQ/EFD_Fiscal_Origem_Destino_Frete/Fiscal_Mapeamento_origem_destino_frete-3.png

 

Recomendamos que, na base de dados do cliente, seja realizado o preenchimento de forma manual, ou seja, utilizando a funcionalidade do Triple One e em seguida, observada a gravação do dado na tabela.

É importante ressaltar que o campo ID do documento (U_SKILL_DocEntry) deve ser o DocEntry, e não o DocNum (pois, em algumas bases, pode haver diferença nestes dois campos).

Após realizar o preenchimento de forma manual, é recomendado gerar a EFD Fiscal relativa ao período do documento em questão, e verificar se foi criado um registro D100 para este documento. Os dois últimos campos do registro deverão estar preenchidos com o código IBGE referente aos municípios informados na tela do add-on.

No exemplo, o código 1200013 é o código IBGE do município Acrelândia e o código 4201802 é o código IBGE do município Atalanta:

 

http://blog.skilljugaad.com.br/wp-content/uploads/FAQ/EFD_Fiscal_Origem_Destino_Frete/Fiscal_Mapeamento_origem_destino_frete-4.png

 

Por fim, ainda é recomendado que a mesma lógica de gravação de dados seja aplicada ao desenvolvimento solicitado pelo cliente, e em seguida, gerar o arquivo da EFD Fiscal, para confirmar se o registro D100 do documento está sendo gerado com o preenchimento correto do código de município de origem e destino.

 

OBSERVAÇÕES

Ressaltamos que o suporte a este tipo de integração não faz parte do escopo do nosso atendimento, e qualquer impacto no funcionamento do add-on decorrente da gravação do dado de forma indevida é de responsabilidade do parceiro/cliente. Este documento reflete a lógica atual do add-on, que poderá ser alterada a qualquer momento, se houver necessidade.

Updated on 18 de setembro de 2020

Essa instrução foi útil?

Top
MODAL 01