Medida garante crédito de R$ 40 bi a Pequenas e Médias Empresas que não realizarem demissões nos próximos 2 meses.

No dia 27 de março, o Governo Federal anunciou mais uma medida para conter o impacto na economia causado pelo avanço do novo coronavírus no País. O pacote é voltado para as PMEs, Pequenas e Médias Empresas, que são aquelas com faturamento anual entre 360 mil reais e 10 milhões de reais.

A novidade é que agora as empresas que fazem parte dessa categoria poderão contar com uma linha de crédito de 40 bilhões de reais, sendo 20 bilhões de reais por mês, que será destinada exclusivamente para financiar dois meses de folhas de pagamento, com limite máximo de até dois salários mínimos.

O programa será financiado pelo Tesouro Nacional e pelos bancos privados, que oferecerão, respectivamente, 17 e 3 bilhões de reais por mês. O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) será responsável pela operacionalização da atividade.

O Governo prevê que esse incentivo esteja disponível para adesão em até duas semanas. A linha de crédito foi formulada pelo Banco Central, Ministério da Economia e BNDES. A PME fechará o contrato com o governo e o dinheiro será destinado diretamente para o funcionário por meio de um sistema automatizado.

O pagamento do crédito será feito por uma taxa de juros de 3,75% anuais e com prazo de 36 meses para pagamento das PMEs. Mas a condição para que as empresas façam uso deste incentivo, é que elas não realizem demissões nos dois meses seguintes.

Para ficar por dentro de todas as medidas que o Governo tem anunciado nos últimos dias em decorrência do Covid-19, não deixe de conferir as matérias aqui no Contec!

O governo federal lançou o site Vamos Vencer, no qual os empresários poderão encontrar todas as medidas de auxílio. Confira!


Compartilhe nas redes
Deixe seu comentário

12 + 9 =