O Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF), também conhecido apenas como IR, é um tributo federal cobrado anualmente, entre os meses de março e abril. Seu cálculo é feito a partir da Declaração de Imposto de Renda.

Este imposto também é aplicado todos os meses diretamente nos rendimentos periódicos dos brasileiros, como no salário e nos recebimentos de pagamentos de aluguel, por exemplo. Essa cobrança mensal é chamada de Imposto sobre a Renda Retido na Fonte (IRRF).

Na declaração do IR, o cidadão precisa informar todos os ganhos do ano anterior – como salários, aposentadoria e rendimentos de aluguel ou de investimentos. Além disso, também é necessário declarar determinados gastos feitos no período, já que alguns não são tributados e o contribuinte pode ser ressarcido por eles posteriormente.

Portanto, a declaração anual é feita para que a pessoa física seja taxada de acordo com seus rendimentos e também para que o Estado confira se há coerência entre os seus ganhos e os seus gastos.

O dinheiro arrecadado é utilizado pelo Governo Federal e também pelos estados e municípios. A Receita Federal recebe os valores e os transfere para o Tesouro Nacional, que administra o uso do dinheiro. Entre as destinações estão o financiamento de projetos de saúde, educação e programas sociais.


Compartilhe nas redes
Deixe seu comentário

12 + dezoito =