Simples Nacional: prazo de entrega de declarações é adiado

Medida foi tomada para minimizar as consequências do novo Coronavírus na economia. Confira o novo prazo!

Foi adiado o prazo para a entrega da Declaração de Informações Socioeconômicas e Fiscais (Defis) e da Declaração Anual Simplificada para o Microempreendedor Individual (DASN-SIMEI) de empresas que se enquadram no Simples Nacional. A decisão foi tomada pelo Comitê Gestor do Simples Nacional e anunciada pela Receita Federal no dia 26 de março.

Anteriormente, a data limite estipulada para a entrega referente ao ano calendário de 2019 seria o dia 31 de março. Agora, o prazo foi alterado para o dia 30 de junho. Segundo a Receita Federal, a medida busca reduzir os impactos econômicos causados pela pandemia do novo Coronavírus no Brasil.

A Defis é um documento obrigatório que as empresas optantes pelo regime Simples Nacional devem entregar anualmente à Receita Federal para prestar contas. Já a DASN-SIMEI deve conter o faturamento bruto do Microempreendedor Individual (MEI) proveniente das atividades do ano anterior.

Nos últimos dias, o Governo Federal tem divulgado uma série de medidas para apoiar as empresas durante o estado de emergência causado pelo avanço da Covid-19 no País. Confira.