mentirasMentira nº 1 – “Sou Trabalhador”

Mentira nº 2 – “Sou Honesto”

Mentira nº 3 – “Sei Falar, Ler e Escrever”

Mentira nº 4 – Em abril, a assessoria de imprensa do nosso ex-presidente (acredite, ele tem) informou que o desenvolto cidadão tinha sido convidado pelo jornal americano The New York Times para ser um de seus colunistas. Informou ainda, a assessoria de imprensa, que o referido escreveria em português (????) e seus artigos seriam traduzidos para o espanhol e o inglês, sendo que nosso ex-líder escreveria, sempre a convite do NYT, sobre política e economia internacionais (????). Pois bem, a BBC, maior noticiário Londrino, resolveu checar essa estória e descobriu que nosso escrevente, provavelmente munido por seu partido, na realidade voou até NY para comprar um espaço no jornal eletrônico mensal NYT Syndicate.

Mentira nº 5 – “Sou competente”

Mentira nº 6 – Nunca antes na história desse País um governante se envolveu tanto com um empresário, como foi o caso do nosso ex com o atual ex-bi Eike Batista. Poderíamos dizer que foi envolvimento íntimo, e bota íntimo nisso. O articulado voou o país todo (em jatos particulares, obviamente) para garantir que o grupo X fosse um sucesso estrondoso. O povo acreditou. Empresas acreditaram. Bancos acreditaram. Em tom ufanista, nosso ex-comandante ajudou a divulgar os 105 comunicados oficiais da OGX como se cada um relatasse uma nova descoberta. E suas ações subiam. Hoje se sabe que a grande maioria desses comunicados se referiam a um único poço. Hoje se sabe que apenas 10% do que eles apregoavam estar extraindo de petróleo é a realidade. Hoje se sabe que Eike, a La Lula, já se retirou de tudo isso e daqui a pouco não se lembrará desses desnecessários detalhes. Quem acreditou que fique com o prejuízo. Só o BNDES investiu lá mais de R$ 10 bilhões. Estima-se que os prejuízos superarão os 90% dos valores envolvidos. Estima-se que perderemos esse ano de 1 a 2% do PIB em virtude dessa “pegadinha” do Malandro.

Mentira nº 7 – “Eu elejo até um poste”. Mentira: elegeu uma igual. Pior: aprendeu a maquiar balanço, ou como dizem, estabeleceu a “contabilidade criativa”. Tentarei explicar o que esse “governo” está fazendo com sua contabilidade pública e com a contabilidade de estatais como a Petrobras. Como os números verdadeiros são negativos, a atual equipe econômica resolveu não contabilizar algumas despesas, deixando para o futuro, e também antecipar a contabilização de algumas receitas, como por exemplo, os dividendos e impostos que recebe de empresas como a Petrobras. Como já relatei em artigos anteriores, a Petrobras está “quebrada”, mas por imposição governamental ela também aderiu às mesmas praticas de “contabilidade criativa” e apresenta lucros contábeis bilionários. Só para termos noção da grandeza dessa mentira, de 2009 a 2012 esse governo não contabilizou o equivalente a R$ 479 bilhões em despesas/dívidas e R$ 111 bilhões em receitas ainda não realizadas. Esses valores totalizam R$ 590 bilhões, até 31/12/12, o que corresponde a estarmos sendo enganados por um volume equivalente ao PIB da Finlândia e Bulgária juntos. Isso é uma bomba relógio que explodirá nos próximos anos.

Mentira nº 8 – “Zelo pelo dinheiro público”

Mentira n° 9 – Nunca antes na historia desse País utilizou-se tanto dos aviões do governo para transportar políticos comparsas. Apurou-se agora que nos últimos anos a media é de 10 voos diários, quase todos para atender interesses pessoais. Qual é o custo de tudo isso? Quanto dinheiro está sendo jogado fora? Enquanto isso, um avião da FAB, com 121 militares brasileiros a bordo, pegou fogo no aeroporto do Haiti por falta de manutenção. Esse avião, o Sucatão, era o que servia o ex-presidente Lula. Uma pena.

Marco Antonio Pinto de Faria

Bacharel em Ciências Contábeis, Administrador de Empresas, Auditor, Presidente e Fundador do Grupo SKILL composto por empresas atuantes no mercado há 40 anos, oferecendo serviços de Consultoria Tributária, Contabilidade e Tecnologia da Informação. Integrante do IBRACON – Instituto dos Auditores Independentes do Brasil.


Compartilhe nas redes
Deixe seu comentário

5 × 4 =